David Luiz chegou ao Flamengo já com status de titular, mas após sentir dores na coxa esquerda, o zagueiro precisou ser substituído ainda no primeiro tempo na partida de volta da seminal da Libertadores, contra o Barcelona. Seu substituto foi Gustavo Henrique, que fez partida segura e ajudou o time a manter o 2 x 0.
Atuando em oito das 12 partidas – seis como titular – Gustavo Henrique foi crucial na campanha que levou o Flamengo a sua segunda final de Libertadores em três anos. O zagueiro, aliás, fez o gol que confirmou a classificação do time Rubro-Negro na fase de grupos. Na época, o camisa 2 marcou no empate por 2 x 2 com o LDU, no Maracanã.
Depois de um começo turbulento usando a camisa do Flamengo, o zagueiro passou por um período longo de adaptação, foi constantemente questionado, mas conquistou seu espaço junto ao elenco na atual temporada. Para o defensor, a vinda de Renato Gaúcho foi crucial para seu desenvolvimento.
“Estou muito feliz com o momento. Participar de tantos jogos de uma bela campanha na Libertadores me deixa orgulhoso, pois mostra que trabalhei de maneira correta desde o início, com disciplina, seriedade e respeito aos meus colegas e esta camisa. O professor Renato também tem sido importante pra mim desde que chegou. É continuar com os pés no chão e seguir trabalhando do mesmo jeito”, disse o zagueiro ao “ge.com”
Com David Luiz fora por lesão, Gustavo Henrique deve ser mantido entre os titulares para a partida de domingo, contra o Athletico-PR, pelo Brasileirão.