Isonomia? Com veto de torcida na Bahia, clubes analisam se mudam acordo sobre volta do público
Siga nas redes sociais

Futebol

Isonomia? Com veto de torcida na Bahia, clubes analisam se mudam acordo sobre volta do público

Publicado

em

51504356861 5362eb1001 k

A falta de liberação do público por parte do governo do estado da Bahia não era o que os clubes do Brasileirão esperavam para esta semana. Havia confiança de que todas as praças da Série A teriam aval para o retorno da torcida. Assim, o cenário atual força os dirigentes a uma discussão que estava perto de ser superada: decidir manter ou não o acordo feito em 8 de setembro, que previa liberação da torcida na Série A só se 100% das sedes tivessem autorização.

Agora, existe uma chance de mudança do acordo, como publicou o colunista do UOL Rodrigo Mattos. Ele apurou que há uma proposta para que os jogos do Bahia sejam realizados sem público dentro e fora de casa. É provável que essa ideia seja discutida na reunião de terça-feira. Outra possibilidade seria o Bahia jogar fora do Estado.

O conselho técnico se reúne amanhã (28) junto à CBF, conforme programado. O cenário anterior era de união dos clubes contra o Flamengo, que tinha uma liminar a seu favor, mas a decisão caiu no STJD. Agora, as tratativas para presença de público avançaram com sucesso em quase todas as praças — até São Paulo, que tinha cenário complicado —, mas a Bahia permanece como exceção.

Os clubes têm a prerrogativa de mudar o acordo feito há 20 dias. Na ocasião, os 19 presentes firmaram a posição pela necessidade de ter 100% de autorização para aprovar o retorno da torcida na Série A. O Flamengo se ausentou da reunião.

Neste momento, a posição do Bahia é vista como crucial para o rumo da discussão. Se o clube não fizer questão, pode facilitar a aprovação, ainda que fique sozinho sem torcida. Mas o cenário não é simples, já que o tricolor vive uma crise financeira e técnica: há atrasos de salários e o time entrou na zona de rebaixamento.

Há quem cite outro ingrediente na discussão. Na reunião do dia 8, o presidente Guilherme Bellintani chegou a fazer a proposta de que o público voltasse quando houvesse 80% das cidades com autorização. Ele só mudou o voto para os 100%, proposta feita pelo Sport, ao ver que os demais estavam indo nessa linha.

Consultados, alguns presidentes de clubes não se mostraram convictos a respeito do que irá acontecer e preferem esperar o debate de amanhã. É um cenário diferente do no mês passado quando havia uma posição conjunta contra a volta do público se não fosse de todos.

“Vamos ver. Não tem o que dizer agora. Vamos ver a opinião do resto dos clubes. Pelo que decidimos na última, se não liberasse um, iríamos manter sem público. Mas vamos ver o que o pessoal diz. Se foi decidido na primeira reunião por causa de isonomia, vamos ver se os presidentes vão manter”, disse o presidente do Juventude, Walter Dal Zotto.

Deixar o Bahia ou qualquer outro clube para trás “não foi o acordo”, segundo o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan.

A perspectiva dos clubes era liberar o público para a 23ª rodada, com os primeiros jogos marcados para sábado (2). O Bahia, se tivesse aval, faria seu primeiro jogo com torcida diante do Ceará, na Arena Fonte Nova.

“Eu não tenho opinião formada sobre o assunto. Quero ouvir as opiniões. É um tema delicado. Vou deixar para discutir com o grupo, até porque estamos procurando dar uma unidade ao tema”, afirmou o presidente do Ceará, Robinson de Castro.

Mas há clubes que não estão tão em cima do muro. O Flamengo já tinha tentado movimento isolado de volta da torcida e não tem compromisso de retroceder agora. O rubro-negro, inclusive, vê que muitos estados só avançaram rumo à permissão de público após o movimento feito pela diretoria junto às autoridades cariocas.

O Cuiabá é outro que pretende votar sim para o retorno da torcida. O Atlético-MG chegou a votar com a maioria no conselho técnico passado, mas já se posicionou dizendo que usaria a liminar para colocar torcida no estádio, caso o Fla o fizesse. O Atlético-GO é outro que aposta no retorno do público.

Quem acompanhou as últimas reuniões observa que a posição de esperar todos para voltar era dominante na época. Mas, então, não havia a liberação de todos os estados. A questão é se o bloco do “sim” ganhará mais adeptos a ponto de se formar uma maioria.

Fonte: UOL

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!

Futebol

Flamengo planeja reformulação geral em setores do futebol para 2022

Publicado

em

landim

A derrota na final da Libertadores deverá confirmar uma grande reformulação no Flamengo para 2022. O técnico Renato Gaúcho não deve permanecer e pode sair até mesmo antes do fim do Brasileiro, porém, as mudanças não devem parar por aí. O clube carioca deverá passar por uma verdadeira mudança que inclui jogadores e também profissionais que fazem parte do futebol do Rubro-Negro há algum tempo.

Entre os jogadores, há pelo menos cinco que não devem continuar para a próxima temporada. O zagueiro Bruno Viana, que pertence ao Braga, e não deverá ter seu vínculo renovado. O goleiro César que deve ser negociado, além do volante Piris da Motta e do lateral-direito Rodinei. O jovem João Gomes, de 21 anos, também tem chances de ser negociado pelo clube carioca.

Além dessas saídas, o Flamengo também deverá ir ao mercado e fazer contratações. O clube carioca entende que precisa se reforçar com um goleiro e também com meia, para ser uma espécie de “sombra” para Arrascaeta. A contratação de um lateral-direito também não está descartada pelo Rubro-Negro.

Porém, a reformulação não vai passar apenas por mudanças no elenco. De acordo com informações do portal “UOL”, a preparação física e o departamento médico do Flamengo, que receberam muitas críticas na temporada, podem sofrer mudanças. Lembrando que o clube irá passar por eleições no próximo mês e o atual presidente Rodolfo Landim é o favorito para ser reeleito.

Fonte: O Dia

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!

Continue lendo

Futebol

Diretoria do Flamengo avalia demissão de Renato Gaúcho

Publicado

em

61a299f073c41

Renato Portaluppi, que já vem sendo muito pressionado pela torcida do Flamengo há alguns jogos, pode deixar o comando técnico do clube a qualquer momento após o vice-campeonato na Libertadores, diante do Palmeiras.

Conforme apurado pela reportagem da TNT Sports, o treinador, que tem contrato até o fim deste ano, não permanecerá no Rubro-Negro para a próxima temporada e pode ser que chegue a não cumprir o contrato.

Nos bastidores do Flamengo, ainda de acordo com a apuração da TNT Sports , é discutida a possibilidade de Renato não estar à frente da equipe já na próxima terça-feira (30), diante do Ceará, jogo válido pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O técnico chegou ao time carioca em julho, horas depois da demissão de Rogério Ceni. No contrato, há uma cláusula de renovação automática caso Rodolfo Landim seja reeleito presidente do clube.

Fonte: TNT Sports

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!

Continue lendo

Futebol

Palmeiras x Flamengo: saiba tudo sobre a final da Libertadores

Publicado

em

51706277072 66faef4d60 k

Chegou o dia! Palmeiras e Flamengo se enfrentam na grande final da Copa Libertadores da América às 17 horas (de Brasília) de hoje (27), no Estádio Centenário, em Montevidéu. Vale o troféu mais cobiçado do continente, em um confronto que reúne os dois campeões mais recentes do torneio.

Onde assistir

A partida terá transmissão ao vivo do SBT (na TV aberta), da Fox Sports (TV fechada) e no serviço de streaming Star+. Também é possível assistir ao jogo pela internet.

Prováveis escalações

Palmeiras: Weverton; Mayke, Gustavo Gómez, Luan e Piquerez; Felipe Melo (Danilo), Zé Rafael, Gustavo Scarpa e Raphael Veiga; Dudu e Rony. Técnico: Abel Ferreira.

Flamengo: Diego Alves; Isla, Rodrigo Caio, David Luiz e Filipe Luís; Willian Arão, Andreas Pereira, Éverton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabigol. Técnico: Renato Gaúcho.

Desfalques

Palmeiras: Marcos Rocha (suspenso por acúmulo de cartões).

Flamengo: Léo Pereira (suspenso após ser expulso na semifinal).

Arbitragem

Árbitro: Nestor Pitana (Argentina)
Auxiliares: Juan P. Belatti e Gabriel Chade (ambos da Argentina)
VAR: Julio Bascuñan (Chile)

Imagem: Leonardo Boyd

Fonte: Uol

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!

Continue lendo