A saída de Messi do Barcelona por problemas financeiros voltou a levantar a questão sobre más administrações nos clubes e suas consequências. A situação tem sido amplamente discutida e, quem também fez sua análise foi Luiz Eduardo Baptista, vice-presidente do Flamengo.
“Lições para os clubes de futebol de todo o mundo. Vejam o Barcelona. Não percebeu o que estava vindo pela frente. Acabou perdendo Messi e quebrado. A gestão do futebol não pode mais ser feita por amadores. Tem que ter currículo,experiência e competência. Só vontade não basta.”, publicou o dirigente.
Apesar do Flamengo ser lembrado como um clube exemplo na questão de recuperação financeira, BAP, como é conhecido dirigente Rubro-Negro, sofreu diversas críticas sobre a atual situação do clube. Diversos torcedores reclamaram de que apesar do alto investimento no futebol, as contratações não têm aparecido nesta temporada. Vale lembrar que apenas o zagueiro Bruno Viana foi contratado.