SBT ignora Flamengo e semifinal contra o Barcelona deve ser exclusiva na Fox Sports
Siga nas redes sociais

Futebol

SBT ignora Flamengo e semifinal contra o Barcelona deve ser exclusiva na Fox Sports

Publicado

em

20200712 flamengo sbt 640x320 1
– A torcida do Flamengo, possivelmente, terá o Fox Sports como única opção para assistir ao clube na semifinal da Libertadores. De acordo com o site “Notícias da TV”, o SBT escolheu transmitir Palmeiras x Atlético-MG nos dias 21 e 28 de setembro, às 21h30, deixando o confronto do Rubro-Negro contra o Barcelona para a TV por assinatura.
O SBT ainda não exibiu nenhum jogo do Flamengo na fase de mata-mata da competição. A preferência da emissora de Sílvio Santos é apostar no mercado paulista, onde os investimentos publicitários costumam ser mais fortes.
O SBT tem contrato para transmitir com exclusividade a Libertadores na TV aberta até 2022. Ainda neste ano, uma nova licitação deve começar para os direitos dos próximos anos.

Flamengo festeja mais uma goleada e a vaga à semifinal – Alexandre Vidal / Flamengo

Flamengo festeja mais uma goleada e a vaga à semifinal Alexandre Vidal / Flamengo

Rio – A torcida do Flamengo, possivelmente, terá o Fox Sports como única opção para assistir ao clube na semifinal da Libertadores. De acordo com o site “Notícias da TV”, o SBT escolheu transmitir Palmeiras x Atlético-MG nos dias 21 e 28 de setembro, às 21h30, deixando o confronto do Rubro-Negro contra o Barcelona para a TV por assinatura.
O SBT ainda não exibiu nenhum jogo do Flamengo na fase de mata-mata da competição. A preferência da emissora de Sílvio Santos é apostar no mercado paulista, onde os investimentos publicitários costumam ser mais fortes.
O SBT tem contrato para transmitir com exclusividade a Libertadores na TV aberta até 2022. Ainda neste ano, uma nova licitação deve começar para os direitos dos próximos anos.
Fonte: O Dia

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!

Futebol

Não duvido que esse Flamengo vá para Guayaquil e goleie, diz Milly Lacombe

Publicado

em

51504108712 8296bd1f7e k

O Flamengo venceu o Barcelona de Guayaquil por 2 a 0 no Maracanã, no primeiro jogo pelas semifinais da Libertadores, mas correndo alguns riscos, com o time equatoriano exigindo participação importante do goleiro Diego Alves, principalmente durante o primeiro tempo, mas também em uma oportunidade na etapa final.

No UOL News Esporte , Milly Lacombe minimiza os riscos corridos pelo Flamengo no setor defensivo e destaca a maneira de jogar futebol sem a preocupação apenas em não sofrer gols, comparando com o que ocorreu no jogo da noite anterior, entre Palmeiras e Atlético-MG, na outra semifinal da competição continental.

“O Flamengo joga e deixa jogar, o que a gente vê o Flamengo fazer é futebol, o que a gente está vendo é futebol e o futebol é jogado, você se coloca em condições de vulnerabilidade e aí o adversário pode eventualmente fazer um gol, não é como, por exemplo, aquele Atlético-MG e Palmeiras que a gente viu, o Atlético-MG fez 22 faltas. É uma tática? É uma estratégia de jogo você fazer faltas? É discutível, sim, pode ser, algumas faltas são necessárias, mas é um não-futebol, ninguém se encanta com aquilo, ninguém se emociona com aquilo, não tem absolutamente nada acontecendo”, diz Milly.

“Em geral, quando esse Flamengo entra em campo, você vê futebol, mesmo quem não é flamenguista gosta de ver o que está acontecendo. E é isso, você tenta fazer um gol e às vezes vai obviamente ficar numa situação de talvez sofrer um gol, só que eu não duvido, por exemplo, que esse Flamengo vá lá para Guayaquil e goleie, é possível que isso aconteça, porque o time da casa vai ter que sair para jogar, para tentar fazer o gol e vai ficar exposto, e esse Flamengo, com esse time, pode fazer quatro”, completa.

A jornalista discorda de parte das críticas feitas ao técnico Renato Gaúcho em relação à organização do time dentro de campo e pontua como principal fator da equipe a forma como existe uma aproximação entre os jogadores sempre em que a posse de bola é do Rubro-negro.

“É um time que todo mundo que gosta de futebol quer ver jogar e tem Renato Gaúcho ali sim, é um time que joga por aproximação, um jogador do Flamengo com a bola nunca está sozinho, ele sempre tem para quem passar essa bola de uma maneira muito próxima, é bacana ver o que está acontecendo ali”, diz Milly.

“Acho que tem o Renato Gaúcho em uma situação de dizer ‘divirtam-se’, consigo enxergar isso, que eu já acho também que é uma enormidade, e tem Renato Gaúcho no futebol tático e estratégico de ninguém nunca estar sozinho, tem solidariedade ali, ele vai mexendo no time e isso nunca é diferente”, conclui.

Fonte: Uol

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!

Continue lendo

Futebol

Renato elogia rival e exalta vitória do Flamengo: “É uma vantagem muito grande”

Publicado

em

51504904821 c15f41a10c k

Venceu, abriu vantagem e colocou um pé na final de Montevidéu. Em dia de grande público no Maracanã, o Flamengo esteve longe de dar espetáculo, mas o 2 a 0 sobre o Barcelona pela semifinal da Libertadores deu uma boa vantagem para a partida de volta, em Guayaquil, daqui a uma semana. Renato foi questionado sobre a atuação da equipe e valorizou o resultado.

Mesmo com um a mais durante todo o segundo tempo, o Flamengo não conseguiu ampliar a vantagem. As mudanças do treinador não surtiram efeito. O foco, por sua vez, esteve no resultado construído com dois gols de Bruno Henrique:

– O Diego (Alves) teve uma grande atuação. Dei os parabéns a ele e ao grupo no vestiário. O Barcelona não chegou aqui como convidado, chegou por méritos e eliminando grandes equipes. Sabíamos que seria um jogo pegado e aberto. Conseguimos fazer os dois gols. Mesmo com um homem a menos, eles souberam sofrer no segundo tempo. Tivemos chances e não fizemos. Mas está de bom tamanho.

“O 2 a 0 é uma vantagem muito grande para a segunda partida. Até porque, existe gol qualificado na Libertadores”

Com a vantagem de poder perder por até um gol de diferença, o Flamengo encara o Barcelona por uma vaga na final da Libertadores na próxima quarta-feira, no Estádio Monumental de Guayaquil, às 21h30 (de Brasília). Antes, porém, tem pela frente o confronto com o América-MG, domingo, às 11h, no Independência, pela 21ª rodada do Brasileirão.

Confira outros trechos de entrevista de Renato

Apoio a Isla

– Ele tem todo apoio do presidente, da diretoria, da comissão, dos jogadores, e pode ter certeza de quase toda a torcida do Flamengo. As redes sociais são um problema. Você recebe uma crítica e nem sabe de onde vem. A melhor resposta foi do torcedor que está de parabéns no Maracanã. Ele é um jogador que se entrega, é querido pelo grupo e vem nos ajudando. A melhor resposta foi a manifestação por parte do torcedor.

Andreas como meia

– Não gosto de improvisar, sempre falo isso. Uma coisa é você improvisar tendo jogadores da posição, outra é não tendo. O Arrascaeta está entrega ao DM. O Vitinho vinha bem até, mas estávamos perdendo o meio. Colocamos o Andreas de um lado, o Thiago de outro e seguramos o Arão. O Andreas de vez em quando será colocado na meia. Não só ele. Coloquei o Gabriel pelo lado direito, o jogador tem esse direito. Vitinho começou a partida, não tínhamos outro meia. São jogadores com características que sabem jogar em mais de uma posição.

Por que tirar Andreas?

Trouxe o Everton para dentro, abri os volantes e tínhamos um homem a mais. Coloquei Michael, Pedro e Gabriel em cima da defesa do Barcelona para fazermos o terceiro gol. Quando você tem um homem a mais, precisa tirar proveito disso. Foi o que eu tentei fazer.

Críticas após derrota para o Grêmio

– As críticas são válidas como os elogios. Sou treinador, estou há muito tempo nesta profissão, e costumo falar que o homem lá de cima não agradou a todos. Não é o Renato que vai conseguir. Tento fazer sempre o que é certo. Se cada partida que um jogador não corresponder eu tirar, vou precisar de 300 jogadores. Faz parte, nem todos vão jogar bem todos os jogos.

Disputa por posição

– Estamos em três competições, tem espaço para todo mundo. Independentemente da competição, o importante é o jogador estar preparado. Por isso, o presidente criou um grupo grande e preparado. Procuro rodar bastante o grupo.

Organização ofensiva

– Coloquei o Vitinho, depois o Andreas e por fim o Ribeiro. O time é acostumado com o Arrascaeta, que é um jogador acima da média. O Vitinho até fez uma boa partida, errou alguns lances, mas teve participação em lances importantes. Ele não é jogador daquela posição. Assim como o Andreas quando adiantei para uma posição que faz tempo que ele não jogava. Não adianta achar que quem entrar na posição do Arrascaeta vai ter as mesmas condições. Por isso, ele faz falta.

Riscos do Barcelona

– É um time bem treinado e que tem bastante força. Não chegou por convite em semifinal da Libertadores, chegou por mérito. Eles abriram para buscar o gol, tiveram oportunidades, e o Diego teve uma grande atuação. Lá é outro jogo, eles vão deixar espaço. A vantagem é grande de dois gols, tem gol qualificado. O Barcelona não chegou por acaso, é só olhar quem estava na chave deles e quem eles eliminaram.

Fonte: Globo Esporte

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!
Continue lendo

Futebol

‘Se eu tiver que tirar cada jogador que não corresponder, vou precisar de 300 atletas no elenco’, dispara Renato Gaúcho

Publicado

em

614be162f3cd5 1

Após a vitória por 2 a 0 sobre o Barcelona de Guayaquil, pela Conmebol Libertadores, o técnico do Flamengo, Renato Gaúcho, comentou as críticas que ele e alguns atletas rubro-negros sofreram após a recente derrota para o Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro.

Na opinião do treinador flamenguista, as “cornetadas” feitas por alguns torcedores são válidas, mas ele ressaltou que sempre tenta fazer seu melhor e que está satisfeito com todos os atletas.

Em tom de desabafo, Renato ainda saiu em defesa do elenco e afirmou que nem Deus agradou a todos.

“As críticas são válidas, da mesma forma que os elogios. Eu já sou um treinador que está há muito tempo nessa profissão. Se o homem lá de cima [ Deus ] não agradou todo mundo, então não vou ser eu que vou agradar a todos”, salientou.

“Em busco sempre fazer o melhor para o grupo e para o torcedor. Errar eu vou errar. Sou humano. Mas sempre procuro fazer o que é certo. Até porque todos os que estão aqui são jogadores do grupo do Flamengo e têm o apoio de todo mundo”, seguiu.

“Se a cada partida que um jogador não corresponder eu tiver que tirá-lo para sempre, vou precisar ter 300 jogadores no elenco”, disparou.

“Todos eles têm minha confiança, e estou muito satisfeito com todos eles”, complementou.

Com o resultado desta quarta, o Flamengo joga por um empate no jogo de volta para avançar à grande final da Libertadores.

O Rubro-Negro também se classifica se perder por um gol de diferença em Guayaquil.

O Barcelona, por sua vez, terá que buscar um triunfo por três tentos de vantagem para chegar à decisão.

A partida de volta será na próxima quarta-feira, desta vez em Guayaquil, também às 21h30 (de Brasília), com transmissão do FOX Sports pela ESPN no Star+.

Fonte: Espn

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!

Continue lendo




WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com