Ninho: Defensoria e MP irão ao STJ por pensão maior às famílias das vítimas
Siga nas redes sociais

Finanças

Ninho: Defensoria e MP irão ao STJ por pensão maior às famílias das vítimas

Publicado

em

ninho ct base 2

A Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro anunciou que, juntamente ao Ministério Público do Rio de Janeiro, vai requerer ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) a suspensão da decisão que diminuiu os valores das pensões às famílias das vítimas do incêndio no Ninho do Urubu que ainda não fecharam acordo de indenização.

O incidente no CT do Flamengo aconteceu em fevereiro de 2019 e deixou dez mortos, além de três feridos. Até aqui, o Rubro-Negro alcançou nove resoluções em 11 negociações . Familiares de Christian Esmério ainda tratam com o clube. Já a mãe de Rykelmo, que acionou a Justiça, aguarda o andamento do processo, que foi ajuizado em agosto de 2019 .

 

Em nota, a Defensoria apontou que, após julgamento do Tribunal de Justiça do Rio (TJRJ), que manteve decisão que reduziu os valores a serem pagos às famílias restantes, as instituições vão buscar a suspensão da decisão de dezembro de 2020.

“O Tribunal de Justiça do Rio (TJRJ) julgou nesta quarta-feira (25) embargos feitos pela Defensoria e pelo Flamengo, mas não deu provimento a nenhum dos recursos. Sendo assim, continua em vigor a decisão de dezembro de 2020, que fixa no valor cinco salários mínimos a pensão mensal paga às famílias dos sobreviventes que ainda não fecharam acordos.

“Desde janeiro de 2021, a Defensoria recorre da decisão do TJRJ que desobrigou o pagamento de pensão por parte do Flamengo aos familiares das vítimas que ainda não fecharam acordo com o clube”, diz trecho do informe publicado.

No início do ano, a Defensoria Pública do Rio de Janeiro (DPRJ), por meio de sua Coordenação Cível, acionou a Justiça para solicitar o “deferimento de efeito suspensivo e restabelecimento” das pensões de R$ 10 mil pagas às famílias .

No mês anterior, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) acatou, parcialmente, o recurso do Rubro-Negro, extinguindo a ação civil pública que dizia respeito às vítimas cujas famílias haviam fechado acordo. Além disso, reduziu para cinco salários mínimos — o equivalente a R$ 5.225 — a pensão das famílias que ainda não haviam celebrado um denominador comum.

À época, a Defensoria argumentou que, “ao extinguirem parte da ação por ilegitimidade do Ministério Público, os julgadores não se atentaram para o fato de que a Defensoria Pública era autora dos pedidos, motivo pelo qual o processo deve prosseguir. Além disso, a instituição sustenta que não houve fundamentação adequada por parte do TJRJ”.

Veja nota da Defensoria Pública:

” A Defensoria Pública do Rio de Janeiro (DPRJ) e o Ministério Público do Estado (MPRJ) irão ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) para requerer a reanálise da decisão sobre o pagamento de pensão às famílias das vítimas do incêndio no Ninho do Urubu. Após julgamento do Tribunal de Justiça do Rio (TJRJ), que manteve decisão que reduziu os valores pagos aos familiares em cinco salários mínimos, as instituições buscarão a suspensão da decisão de dezembro de 2020.

O Tribunal de Justiça do Rio (TJRJ) julgou nesta quarta-feira (25) embargos feitos pela Defensoria e pelo Flamengo, mas não deu provimento a nenhum dos recursos. Sendo assim, continua em vigor a decisão de dezembro de 2020, que fixa no valor cinco salários mínimos a pensão mensal paga às famílias dos sobreviventes que ainda não fecharam acordos.

Desde janeiro de 2021 a Defensoria recorre da decisão do TJRJ que desobrigou o pagamento de pensão por parte do Flamengo aos familiares das vítimas que ainda não fecharam acordo com o clube. A tragédia, que deixou dez mortos e três feridos, já completou dois anos e meio. Até o momento, oito famílias e meia (apenas o pai neste caso), já se acertaram com o clube em relação às indenizações.

Desde a tragédia, a Defensoria vem atuando nos pedidos de indenização às famílias das vítimas do incêndio, defendendo a manutenção da decisão de primeiro grau que fixou em 10 mil mensais os pagamentos às famílias. A instituição considera que o restabelecimento da decisão do juízo de primeiro grau é a mais justa enquanto perdurarem as negociações “.

Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Fonte: Uol

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!

Finanças

Justiça autoriza penhora de mais de R$ 100 milhões contra o Flamengo

Publicado

em

landim

O Flamengo sofreu uma penhora, na noite da última sexta-feira, no valor de R$ 126.998.514,57. A punição é referente a uma dívida com o Banco Central do Brasil (Bacen). As informações são do site “Esporte News Mundo”.

Inicialmente, a dívida era de R$ 38.367.280,00. O valor é referente a uma multa aplicada por supostas irregularidades no registro dos valores de negociações internacionais de jogadores entre 1993 e 1998. A decisão é do juiz federal Vladimir Santos Vitovsky, da 9ª Vara Federal de Execução Fiscal da Justiça Federal do Rio de Janeiro (JFRJ).

A derrota do Flamengo no processo foi em segunda instância. O time rubro-negro ainda pode recorrer da decisão.

Fonte: O Dia

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!

Continue lendo

Finanças

Flamengo deixa de ganhar ‘bolada’ de dinheiro com vice da Libertadores; veja

Publicado

em

51708857706 7ce3569785 k

A derrota do Flamengo na prorrogação da final da Libertadores por 2 a 1 para o Palmeiras, em Montevidéu, no Uruguai, não foi ruim apenas desportivamente. Pensando nos cofres, o clube perdeu a chance de faturar mais 15 milhões de dólares, cerca de 84 milhões de reais, na decisão.

Com o vice-campeonato, Rubro-Negro ficou com 6 milhões de dólares, cerca de 33 milhões de reais. Somando toda a receita na competição, o Flamengo fecha sua participação na Libertadores 2021 com 13,55 milhões de dólares, cerca de 73 milhões de reais. Em caso de título, esse valor poderia ter chegado a 124 milhões de reais.

A premiação de campeão teria impulsionado e ajudado o clube a alcançar uma marca histórica na temporada: fechar 2021 com receitas de R$ 1 bilhão, valor aprovado pelo Conselho de Administração em orçamento para o ano. Além das premiações, o clube teve aumento nas receitas com marketing.

Entenda abaixo como funciona o sistema de premiação da Libertadores:

Fase de grupos: US$ 3 milhões (R$ 16 milhões)
Oitavas de final: US$ 1.05 milhão (R$ 5 milhões)
Quartas de final: US$ 1.5 milhão (R$ 8 milhões)
Semifinal: US$ 2 milhões (R$ 11 milhões)
Vice-campeão: US$ 6 milhões (R$ 33 milhões)
Campeão: US$ 15 milhões (R$ 84 milhões)

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!

Continue lendo

Finanças

Vendas rendem quase R$ 200 milhões ao Flamengo, que gastou pouco com ‘trio da Premier League’

Publicado

em

51641672517 57442e1368 k

Divulgado o balancete referente ao terceiro trimestre de 2021 , que confirmou receitas de R$ 768 milhões do Flamengo no período, o clube também detalhou os investimentos feitos em David Luiz, Andreas Pereiras e Kenedy, reforços no segundo semestre, e os valores das vendas de Gerson, Natan e Rodrigo Muniz.

As vendas do trio, realizadas em junho e agosto, renderão aos cofres rubro-negros R$ 197 milhões 746 mil, mas o pagamento será parcelado até 2023 – confira os detalhes abaixo. Já os gastos com as chegadas de Andreas Pereira e Kenedy, por empréstimo, e David Luiz (sem clube) somaram R$ 4,77 milhões.

QUASE R$ 200 MILHÕES EM VENDAS

Gerson – O meia foi vendido ao Olympique Marseille, da França, por 20,5 milhões de euros em 6 de junho de 2021. Com a cotação da época, o valor é equivalente a R$ 126 milhões e 259 mil. O Flamengo ainda tem a receber 15,2 milhões de euros, em parcelas que não tiveram datas reveladas.

Rodrigo Muniz – O atacante foi vendido ao Fulham, da Inglaterra, por 8 milhões de euros em 12 de agosto de 2021. Com a cotação da época, o valor é equivalente a R$ 49 milhões e 344 mil. O Flamengo ainda tem a receber uma parcela de R$ 24,5 milhões, com vencimento em 8 de agosto de 2022.

Nathan – O zagueiro foi vendido ao Red Bull Baragantino por R$ 22 milhões e 143 mil em 26 de agosto de 2021. O Flamengo tem a receber o valor integral em três parcelas: R$ 11,407 milhões a vencer em 8 de janeiro de 2022; R$ 5,368 milhões a receber em 8 de julho de 2022; e R$ 5,368 milhões a receber em 8 de janeiro de 2023.

MENOS DE R$ 5 MILHÕES POR TRIO DA PREMIER LEAGUE

Andreas Pereira – O meia chegou por empréstimo sem custos do Manchester United, da Inglaterra. No demonstrativo financeiro, consta apenas o valor de R$ 852 mil gastos na comissão de empresários.

David Luiz – O zagueiro, que estava sem clube, chegou sem custos ao Flamengo. No demonstrativo financeiro, consta apenas o valor de R$ 817 mil gastos na comissão de empresários.

Kenedy – O atacante chegou por empréstimo do Chelsea, da Inglatera, por R$ 3 milhões e 101 mil.

Fonte: Lancenet

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!

Continue lendo