No meio de semana uma declaração do técnico Jorge Jesus , após a classificação do Benfica para a fase de grupos da Champions League , gerou polêmica. Durante entrevista ao “SBT”, o ex-técnico do Flamengo disse que Renato Gaúcho, um dos seus sucessores após a sua saída do Rubro-Negro e que comanda atualmente o time, “nunca” repetirá a sua história por lá.

E na visão do ex-lateral Junior, o Maestro , campeão da América e do mundo com o Flamengo em 1981, a declaração mostrou “soberba e prepotência” do técnico português. O ex-jogador, atualmente comentarista de televisão, ainda exaltou o trabalho de Renato.

“Foi uma declaração fora de hora e de contexto. Parece uma demonstração de soberba, de prepotência por parte do Jorge Jesus, que não precisa disso, pois já entrou na história do Flamengo. É um dos grandes treinadores, principalmente pelos resultados e a forma como o time jogava, que encantou todos nós. Renato tem um mérito muito grande nessa sua chegada, que foi resgatar um pouco do que aquele time fazia”, começou por dizer Junior, em entrevista ao “UOL”.

Ainda para o ídolo do Flamengo, Renato, assim como Jesus, tem totais condições de conquistar a Conmebol Libertadores , além do Mundial de Clubes, título que não foi conquistado pelo português em sua passagem pelo Rubro-Negro , que perdeu para o Liverpool na final.

“Não consegue com a mesma assiduidade, mas os resultados são bastante favoráveis a ele, ainda mais agora que chegaram alguns reforços. Mesmo não conseguindo fazer o time jogar como o de 2019, comandado pelo Jesus, Renato tem plenas condições de fazer esse time campeão da Libertadores e campeão Mundial. E será que ele não vai ser considerado igual ou melhor, então, do que o Jorge Jesus? É essa a pergunta que fica no ar. Pergunte ao torcedor do Flamengo se Renato não vai estar, como diz o Bruno Henrique, em um patamar acima, caso ele conquiste esses títulos”, finalizou.

Durante sua passagem de 13 meses pelo Brasil, Jesus faturou, além da Libertadores, o Campeonato Brasileiro , Supercopa do Brasil, Recopa Sul-Americana e ainda o Campeonato Carioca. Renato, por sua vez, que chegou recentemente ao Flamengo após a demissão de Rogério Ceni, busca a sua primeira conquista.

Rubro-Negro segue vivo nas três competições que ainda disputa, contando a Libertadores, Copa do Brasil e Brasileirão. Na competição continental, o clube inclusive já está na semifinal, onde enfrenta o Barcelona de Guayaquil , do Equador.