Na última quarta-feira (18), o Flamengo goleou mais uma vez o Olimpia-PAR e confirmou com tranquilidade sua vaga na semifinal da Libertadores. Chegando ao Mané Garrincha já com uma bela vantagem após a vitória no jogo de ida por 4 a 1, os comandados de Renato Gaúcho mantiveram o nível do confronto e aplicaram um sonoro 5 a 1 conta os paraguaios na capital federal. A facilidade do duelo repercutiu negativamente na mídia paraguaia que tratou como “humilhação”.
Colunistas do jornal “ABC”, do Paraguai, classificaram o Flamengo como uma das maiores potências do continente. Na opinião dos jornalistas do periódico, o placar agregado (9 a 2) reflete muito bem o momento vivido pelo Olimpia, que vive crise nos bastidores e havia demitido recentemente um treinador.
“O Olimpia se despediu da Copa Libertadores 2021 nesta noite, com outra humilhante derrota. Desta vez por 5 a 1, para o Flamengo, em Brasília. Uma diferença futebolística abismal, que foi reflexo no placar agregado de 9 a 2 para os semifinalistas. O momento desportivo do Decano é um reflexo fiel da marca institucional deixada no clube”, escreveu o jornal “ABC”.
O chocolate no Mané Garrincha foi capa do veículo, que destacou o confronto pelas quartas de final da Libertadores como uma “dose dupla de humilhação” sofrida pelo time local.