Flamengo dispara em ranking de prejuízo por portões fechados no Brasileirão
Siga nas redes sociais

Finanças

Flamengo dispara em ranking de prejuízo por portões fechados no Brasileirão

Publicado

em

Maracana Fortaleza

Assim como já havia acontecido em 2020, o Flamengo disparou como líder do time que mais tem prejuízo com os portões fechados no Brasileirão de 2021. Por enquanto, a equipe carioca teve de desembolsar R$ 1.547.360,47 para ser mandante de oito partidas. No sistema da CBF, ainda não constam os custos do jogo contra o Sport, disputado no último dia 15.

No total, a Série A já representa prejuízo de quase R$ 10,7 milhões aos clubes, sem contar a verba que eles deixaram de arrecadar com a venda de ingressos.

 

O número foi consolidado pelo blog por meio dos boletins financeiros enviados pelos clubes para a CBF após cada partida. Esses gastos incluem taxas de arbitragem, doping, segurança, impostos, alugueis e todos os gastos necessários para a realização de uma partida.

O prejuízo poderia ser cerca de R$ 100 mil maior se o Flamengo não tivesse enfrentado o Fluminense na Neo Química Arena. Nessa partida em São Paulo, o atual campeão brasileiro pagou pouco menos de R$ 110 mil pelo jogo, enquanto paga mais de R$ 200 mil quando a partida é no Maracanã.

Jogar nesse estádio, aliás, também faz o Fluminense ser o segundo colocado do ranking, com prejuízo de pouco menos de R$ 788 mil. Neste caso, o Tricolor das Laranjeiras conseguiu economizar em duas partidas: contra o Athletico, em Volta Redonda, quando gastou cerca de R$ 96 mil, e diante do Corinthians , quando alugou São Januário por R$ 75 mil e ficou com gasto total de R$ 141.773,87.

Além disso, o valor total vai subir um pouco quando os gastos do jogo de ontem (23), contra o Atlético-MG , forem contabilizados. O boletim ainda não está na posse da CBF.

Bahia, Palmeiras e Atlético-MG completam as cinco primeiras posições. A equipe de Salvador e a de Belo Horizonte gastam bastante por não terem estádio próprio, enquanto a de São Paulo, apesar de ter sua própria arena, tem alto custo de despesa operacional, com uma média de R$ 80 mil por partida.

O Sport, como já fazia no ano passado, é o único a ir contra o estatuto do Torcedor, que recomenda transparência nos gastos de cada partida. A equipe de Pernambuco divulga apenas gastos com seguro inferiores a R$ 10 por partida.

Confira o ranking completo:

1º) – Flamengo – R$ 1.547.360,75
2º) – Fluminense – R$ 787.725,00
3º) -Bahia – R$ 731.353,31
4º) -Palmeiras – R$ 722.267,53
5º) -Atlético-MG – R$ 659.732,66
6º) -Santos – R$ 619.708,48
7º) -São Paulo – R$ 531.849,02
9º) -América-MG – R$ 524.749,23
10º) -Cuiabá – R$ 475.116,34
11º) -Grêmio – R$ 465.475,27
12º) -Internacional – R$ 464.939,11
13º) -Corinthians – R$ 463.859,11
14º) -Ceará – R$ 457.468,77
15º) -Red Bull Bragantino – R$ 440.409,14
16º) -Fortaleza – R$ 410.218,62
17º) -Juventude – R$ 376.693,88
18º) -Athletico – R$ 349.016,09
19º) -Chapecoense – R$ 346.279,28
20º) -Atlético-GO – R$ 312.002,82

Siga também as opiniões de Danilo Lavieri no Twitter e no Instagram

Imagem: Staff Images

Fonte: Uol

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!

Finanças

Flamengo deixa de ganhar ‘bolada’ de dinheiro com vice da Libertadores; veja

Publicado

em

51708857706 7ce3569785 k

A derrota do Flamengo na prorrogação da final da Libertadores por 2 a 1 para o Palmeiras, em Montevidéu, no Uruguai, não foi ruim apenas desportivamente. Pensando nos cofres, o clube perdeu a chance de faturar mais 15 milhões de dólares, cerca de 84 milhões de reais, na decisão.

Com o vice-campeonato, Rubro-Negro ficou com 6 milhões de dólares, cerca de 33 milhões de reais. Somando toda a receita na competição, o Flamengo fecha sua participação na Libertadores 2021 com 13,55 milhões de dólares, cerca de 73 milhões de reais. Em caso de título, esse valor poderia ter chegado a 124 milhões de reais.

A premiação de campeão teria impulsionado e ajudado o clube a alcançar uma marca histórica na temporada: fechar 2021 com receitas de R$ 1 bilhão, valor aprovado pelo Conselho de Administração em orçamento para o ano. Além das premiações, o clube teve aumento nas receitas com marketing.

Entenda abaixo como funciona o sistema de premiação da Libertadores:

Fase de grupos: US$ 3 milhões (R$ 16 milhões)
Oitavas de final: US$ 1.05 milhão (R$ 5 milhões)
Quartas de final: US$ 1.5 milhão (R$ 8 milhões)
Semifinal: US$ 2 milhões (R$ 11 milhões)
Vice-campeão: US$ 6 milhões (R$ 33 milhões)
Campeão: US$ 15 milhões (R$ 84 milhões)

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!

Continue lendo

Finanças

Vendas rendem quase R$ 200 milhões ao Flamengo, que gastou pouco com ‘trio da Premier League’

Publicado

em

51641672517 57442e1368 k

Divulgado o balancete referente ao terceiro trimestre de 2021 , que confirmou receitas de R$ 768 milhões do Flamengo no período, o clube também detalhou os investimentos feitos em David Luiz, Andreas Pereiras e Kenedy, reforços no segundo semestre, e os valores das vendas de Gerson, Natan e Rodrigo Muniz.

As vendas do trio, realizadas em junho e agosto, renderão aos cofres rubro-negros R$ 197 milhões 746 mil, mas o pagamento será parcelado até 2023 – confira os detalhes abaixo. Já os gastos com as chegadas de Andreas Pereira e Kenedy, por empréstimo, e David Luiz (sem clube) somaram R$ 4,77 milhões.

QUASE R$ 200 MILHÕES EM VENDAS

Gerson – O meia foi vendido ao Olympique Marseille, da França, por 20,5 milhões de euros em 6 de junho de 2021. Com a cotação da época, o valor é equivalente a R$ 126 milhões e 259 mil. O Flamengo ainda tem a receber 15,2 milhões de euros, em parcelas que não tiveram datas reveladas.

Rodrigo Muniz – O atacante foi vendido ao Fulham, da Inglaterra, por 8 milhões de euros em 12 de agosto de 2021. Com a cotação da época, o valor é equivalente a R$ 49 milhões e 344 mil. O Flamengo ainda tem a receber uma parcela de R$ 24,5 milhões, com vencimento em 8 de agosto de 2022.

Nathan – O zagueiro foi vendido ao Red Bull Baragantino por R$ 22 milhões e 143 mil em 26 de agosto de 2021. O Flamengo tem a receber o valor integral em três parcelas: R$ 11,407 milhões a vencer em 8 de janeiro de 2022; R$ 5,368 milhões a receber em 8 de julho de 2022; e R$ 5,368 milhões a receber em 8 de janeiro de 2023.

MENOS DE R$ 5 MILHÕES POR TRIO DA PREMIER LEAGUE

Andreas Pereira – O meia chegou por empréstimo sem custos do Manchester United, da Inglaterra. No demonstrativo financeiro, consta apenas o valor de R$ 852 mil gastos na comissão de empresários.

David Luiz – O zagueiro, que estava sem clube, chegou sem custos ao Flamengo. No demonstrativo financeiro, consta apenas o valor de R$ 817 mil gastos na comissão de empresários.

Kenedy – O atacante chegou por empréstimo do Chelsea, da Inglatera, por R$ 3 milhões e 101 mil.

Fonte: Lancenet

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!

Continue lendo

Finanças

Flamengo divulga balancete do terceiro trimestre com superávit e redução na dívida; veja os números!

Publicado

em

51642372591 52ef3ef1fb k

O Flamengo divulgou, na noite deste domingo, o demonstrativo financeiro referente ao terceiro trimestre de 2021. Com uma receita bruta de R$ 768 milhões, o clube da Gávea apontou um superávit de R$ 115 milhões nos primeiros nove meses do ano, Nos últimos três meses da temporada, o Flamengo espera romper a barreira do R$ 1 bilhão em receitas – patamar que é tido como objetivo da direção para as temporadas seguintes, da mesma forma.

– Vale ressaltar que as perspectivas de faturamento na casa de R$ 1 bilhão no ano de 2021 estão bastante próximas de se concretizar. Contudo, mais importante que isso é a perspectiva de que 2022 e 2023 serão anos similares ou superiores no patamar de Receitas Recorrentes (aquelas que não são ligadas a eventos pontuais como a venda de atletas), desde que, mantendo-se a atual evolução positiva no controle da pandemia – diz documento publicado pelo clube, junto ao balancete referente ao terceiro trimestre de 2021.

O aumenta das receitas em relação ao ano anterior foram impulsionadas pelos valores arrecadados patrocínios (R$ 121 milhões) e transferências de jogadores (R$ 271 milhões). O programa de sócio-torcedor, impactado pela pandemia do coronavírus desde março de 2020, teve uma queda na arrecadação de 44%, por sua vez, somando R$ 29 milhões aos cofres do clube entre janeiro de setembro.

Ainda houve redução do endividamento líquido operacional do clube em mais de R$ 100 milhões em relação ao final de 2020, totalizando R$ 303 milhões.

Sobre a situação da pandemia do coronavírus, o Flamengo reforçar as medidas tomadas pelo clube desde março de 2020, mas vê o cenário nacional apontando para a melhoria significativa nos impactos graças à vacinação.

– Os eventos e condições gerados pela Covid-19 não geraram incertezas quanto à continuidade  operacional do Clube. Neste momento, o cenário nacional aponta para uma melhoria significativa nos impactos, o avanço expressivo dos números da vacinação, já sendo publicado medidas de relaxamento dos protocolos sanitários. Adicionalmente, como mencionado previamente, o Clube tem implementado inúmeras ações para garantir a continuidade das suas operações e, neste momento, o surto não causou alterações nas circunstâncias que indicariam um risco de continuidade – diz trecho do balancete do clube.

Fonte: Lancenet

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!

Continue lendo