Na despedida de Gerson, Bruno Henrique resolve o Flamengo vence o Fortaleza no Maracanã
Siga nas redes sociais

Futebol

Na despedida de Gerson, Bruno Henrique resolve o Flamengo vence o Fortaleza no Maracanã

Publicado

em

51267818760 ac4323a9e1 k

No jogo que marcou a despedida de Gerson do Flamengo, pelo menos nessa primeira passagem, o Rubro-Negro bateu o Fortaleza por 2 a 1, no Maracanã, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Os donos da casa fizeram dois gols no primeiro tempo, ambos por Bruno Henrique. Na segunda etapa, logo aos 16 segundos, David diminuiu para o Leão.
Em ritmo de treino, o Flamengo mandou no primeiro tempo e conseguiu neutralizar o Fortaleza em todos os setores. Com a estratégia de marcar sob pressão, o Rubro-Negro viu o goleiro Felipe Alves falhar duas vezes na saída de bola com os pés e quase complicou a vida do Leão.

A primeira bobeada de Felipe Alves foi aos dois minutos. Ele carregou a bola para fora da área e tentou o passe, mas Pedro fez bem a interceptação, e a bola ficou com Vitinho, que finalizou de longe, mas foi por cima do gol, para a sorte do goleiro do Fortaleza.

Aos dez, o camisa 12 do Leão voltou a vacilar. Felipe Alves carregou a bola na entrada da grande área, e Pedro fez a interceptação novamente, mas, de novo, o Flamengo não conseguiu aproveitar. A pressão rubro-negra deu certo aos 21 minutos. Em boa troca de passes entre Michael e Gerson, o volante fez a ultrapassagem e cruzou rasteiro, mas o volante Felipe ficou com a bola e tentou sair jogando. Bruno Henrique foi esperto, roubou dentro da área para finalizar e balançar a rede. Na comemoração, os atetas rubro-negros fizeram o “vapo”, tradicional gesto de Gerson.
O Fortaleza, envolvido e sem qualquer poder de reação, só foi levar perigo ao gol do Flamengo aos 27 minutos. Após roubada de bola, Matheus Vargas recebeu na entrada da área, fez o giro e finalizou rasteiro. Diego Alves rebateu para o meio da área, mas a defesa afastou o perigo.

Aos 29, o Flamengo deu o contragolpe. Michael recebeu e puxou contra-ataque. O camisa 19 saiu cara a cara com Felipe Alves, mas parou na boa defesa do goleiro adversário. Na sequência, Bruno Henrique tentou de dentro da área e conseguiu o escanteio. Depois desse lance, o Rubro-Negro caiu e produção depois de os jogadores demonstrarem desgaste físico.

Mas, aos 42, Bruno Henrique, o melhor jogador do Flamengo no jogo, voltou a ser decidido. Pedro acionou o camisa 27, o atacante carregou a bola e finalizou. A bola desviou em Marcelo Benevenuto e entrou para ampliar o marcador.
Aos 47, no último lance do primeiro tempo, Vitinho cobrou escanteio curto, e Rogério Ceni não gostou. O treinador gritou com o atacante: “joga na área. Não treinamos essa sua jogada, p%$”

O segundo tempo começou animado e, logo aos 16 segundos, o Fortaleza diminuiu. Pikachu fez boa jogada e achou Éderson na entrada da área, e o volante tocou rasteiro para trás. David chegou batendo para estufar a rede. O Flamengo não sentiu o golpe e continuou sendo o melhor em campo e, aos oito minutos, Bruno Henrique quase fez o terceiro. Ele recebeu em velocidade pela direita, viu Felipe Alves adiantado e surpreendeu o goleiro, mas a bola pegou na trave.

Aos 20, Ceni promoveu duas mudanças: Pedro e Vitinho saíram para as entradas de Muniz e João Gomes. O camisa 21 (Pedro) saiu muito insatisfeito, socou o banco de reservas, chutou garrafa d´água e mostrou raiva por ter saído.
O Fortaleza teve grande chance aos 30 minutos de empatar o jogo, mas parou na boa defesa de Diego Alves. Em cobrança de lateral para a área, a bola sobrou com Lucas Crispim na pequena área, e o lateral finalizou para boa defesa do camisa 1 rubro-negro.

Depois, o nível técnico do jogo caiu, com jogadores das duas equipes exaustas. O Flamengo, com vantagem no marcador, saiu menos ao ataque e se arriscou pouco. O Fortaleza, com atletas limitados, não conseguia furar o sistema defensivo rubro-negro. Para segurar o jogo, Ceni sacou Diego Ribas e colocou Hugo Moura, aos 46 minutos.
O Flamengo conseguiu segurar a vitória e voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Com nove pontos, o Rubro-Negro dormiu na sétima colocação na tabela da competição. O próximo duelo será no domingo com o Juventude, em Caxias do Sul, às 11h, pela sétima rodada. Sem Gerson, Ceni precisará achar um substituto para o volante dentro do atual elenco.

Fonte: O Dia

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!

Futebol

Filipe Luis e Arrascaeta serão reavaliados dia a dia e preparados para o jogo contra o Barcelona-EQU, no Equador

Publicado

em

1 5

Cotados para voltar aos gramados no jogo de volta da semifinal da Libertadores contra o Barcelona de Guayaquil, na próxima quarta-feira (29), o lateral-esquerdo Filipe Luis e o meia De Arrascaeta realizaram trabalho com bola no treino desta quinta-feira.

Ambos participaram da atividade com o restante do grupo que não iniciou a partida no Maracanã. Os titulares fizeram apenas um trabalho regenerativo no CT do clube. A presença da dupla no jogo de volta dependerá de avaliação diária do departamento médico e da comissão técnica, a partir do relato dos jogadores. Pelo placar no jogo de ida, a tendência é que ambos viajem para ficar à disposição. E caso se sintam bem, vão para o jogo. Se houver algum receio, ficam no banco de reservas.

A última vez que Arrascaeta entrou em campo pelo Flamengo foi no dia 12 de setembro, na vitória por 3 a 1 contra o Palmeiras em São Paulo. Na ocasião, o meia saiu de campo com apenas 24 minutos em campo. Em exames realizados posteriormente, foi detectado um estiramento na região posterior da coxa esquerda.

Já Filipe Luis não atua pelo rubro-negro desde 28 de agosto, na goleada em cima do Santos na Vila Belmiro, quando jogou a partida inteira. Durante a pausa para as Eliminatórias da Copa do Mundo, o lateral sentiu dores na panturrilha esquerda, teve lesão constatada e agora trabalha para a volta.

Fonte: Extra

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!

Continue lendo

Futebol

Comentarista afirma que Flamengo venceu ‘apesar’ de Renato Gaúcho: “Tem que agradecer aos jogadores”

Publicado

em

renato gaucho a beira do maracana em jogo do flamengo contra o barcelona equ

Venceu, mas não convenceu. Esta parece ser a tônica do Flamengo após a vitória de ontem sobre o Barcelona-EQU. Apesar vantagem que leva ao Equador para o jogo de volta da semifinal da Libertadores, Renato Gaúcho recebeu duras críticas e foi questionado no comando técnico do Rubro-Negro. O jornalista Vitor Birner, da ESPN, não poupou o treinador e disse que “os jogadores carregam o Flamengo”.

– Renato Gaúcho tem que agradecer hoje aos jogadores, que fizeram o resultado sozinhos, porque não houve organização, compactação e variação tática. Os jogadores carregaram o Flamengo hoje, apesar da falta de ideias do técnico – afirmou Vitor Birner.

Além do jornalista da ESPN, o repórter Eric Faria, da Globo, também questionou veementemente o trabalho de Renato Gaúcho no comando técnico do Flamengo. Eric comparou as aparições atuais com as das épocas de Domènec Torrent e Rogério Ceni. Concordando com Birner, o repórter ainda disse que o Flamengo depende da individualidade de jogadores e que, até o momento, ” Renato não apresentou nada ” no clube do Rio.

Apesar das críticas, o Flamengo segue invicto na Libertadores 2021. Na última quarta-feira, no Maracanã, venceu o Barcelona de Guayaquil por 2 a 0 e abriu uma importante vantagem no jogo de ida das semifinais da competição. Essa foi a 80ª vitória do clube na história da disputa sul-americana.

Fonte: Lancenet

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!

Continue lendo

Futebol

Video: Léo Pereira bate boca com torcedor do Flamengo após deixar gramado do Maracanã; assista

Publicado

em

51505279453 462aecdb32 k

Nem tudo foram flores na vitória do Flamengo por 2×0 sobre o Barcelona-EQU na partida de ida da Libertadores. Após entrar no lugar de David Luiz aos 12 minutos do segundo tempo, Leo Pereira foi expulso aos 43 depois de agredir o zagueiro León, do time equatoriano.

Constantemente cobrado pelos torcedores do Flamengo, a atitude de Leo Pereira não foi perdoada. Em vídeo que circula nas redes sociais é possível ver um torcedor cobrando o defensor e dentre alguns palavrões, ele fala ao camisa 4: “Tem que jogar, não é pra entrar e ser expulso”. O zagueiro, que estava se dirigindo ao vestiário, volta e ainda discute com o torcedor – mas não é possível ouvir o que ele diz.

Fonte: O Dia

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!
Continue lendo




WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com