Destaque na estreia com vitória do Flamengo na Conmebol Libertadores , quando fez um golaço que sacramentou virada por 3 a 2 contra o Vélez Sarsfield , Giorgian De Arrascaeta voltou a ser decisivo na equipe após ser desfalque na última semana por conta de uma entorse no tornozelo direito.

Já recuperado, o uruguaio foi titular na Argentina e saiu de campo com o troféu de melhor jogador da partida.

A atuação de Arrascaeta na Libertadores aumentou a apreensão dos torcedores sobre a permanência do meia no Flamengo. O staff do armador debate com a diretoria pela renovação de contrato e uma valorização salarial ao jogador.

Questionado sobre se alimentava alguma preocupação sobre a permanência do meia, Rogério Ceni foi direto na resposta.

“Nenhuma. Conheço o caráter do jogador. Nota 10, muito fácil de trabalhar. É ídolo no Flamengo. Em nenhum momento demonstrou para mim. Ele teve uma lesão no tornozelo, isso é verdade. Se recuperou bem, ficou tratando, e mostra seu talento no dia de hoje. Para a gente, dentro de campo, não influenciou nada”, disse o treinador após a partida na Argentina.

“Acho que é feliz aqui, é considerado pelo torcedor e pela direção, e pode ficar muito tempo no Flamengo”, concluiu o treinador.

O Flamengo já definiu internamente que não quer perder Giorgian De Arrascaeta. Mas mesmo assim, a diretoria entende que pode até passar a ouvir propostas pelo uruguaio caso uma oferta de ao menos 20 milhões de euros (cerca de R$ 135 milhões) chegue à Gávea .

A informação foi revelada na última semana pelo jornalista Bruno Andrade em seu blog no portal UOL . Segundo o veículo, este é o valor mínimo estipulado pelo clube para iniciar conversas com possíveis interessados em contratar o meia.

A quantia é a metade da multa rescisória estipulada no contrato de Arrascaeta com o clube carioca, que tem validade até dezembro de 2023. Esse, inclusive, é um ponto que pode gerar tensão no Flamengo.

Ainda segundo a publicação, a diretoria e o empresário do meia conversam sobre um possível aumento salarial ao uruguaio, que foi alvo do Al Nassr, da Arábia Saudita, em 2020. À época, o Rubro-Negro recusou uma proposta de 15 milhões de euros por seu titular.