Ministério Público prepara carta para a CBF recomendando suspensão do futebol no Brasil
Siga nas redes sociais

Futebol

Ministério Público prepara carta para a CBF recomendando suspensão do futebol no Brasil

Publicado

em

imagem 2021 03 04 225548

O Ministério Público vai recomendar à CBF a suspensão de todas as partidas de futebol no Brasil. A carta deverá ser assinada em conjunto pelos presidentes das comissões estaduais que tratam da segurança nos estádio.

O presidente da Comissão Nacional, o procurador Valberto Lira, da Paraíba, adiantou para o ge o teor do documento.

– A Comissão Nacional decidiu emitir uma nota técnica recomendando à CBF a suspensão de toda e qualquer competição por ela organizada, em face da situação que hoje o Brasil atravessa, com o crescente número de pessoas falecidas e contaminadas. (Valberto Lira)

– Todos os colegas que integram a comissão entendem que se não houver o acatamento dessa recomendação, serão ajuizadas ações em todos os estados. Vivemos uma situação que preocupa a todos e esses deslocamentos de equipes de um estado para outro trará mais possibilidade de contágio – explicou o presidente da Comissão Nacional de Combate e Prevenção à Violência nos Estádios do Ministério Público.

Fortaleza e CRB jogaram na quarta-feira pela Copa do Nordeste. CBF não se posicionou sobre uma possível suspensão da competição — Foto: Kid Júnior/SVMFortaleza e CRB jogaram na quarta-feira pela Copa do Nordeste. CBF não se posicionou sobre uma possível suspensão da competição — Foto: Kid Júnior/SVM

Mais cedo, Valberto Lira já havia se posicionado contra a realização de partidas de futebol na Paraíba. Em ofício que será enviado à CBF, ele recomendou que a partida entre Treze x Altos, pela Copa do Nordeste, marcada para sábado, seja cancelada. O mesmo vale o jogo Campinense x Bahia, na próxima terça-feira, pela Copa do Brasil.

– Futebol não é atividade essencial. As atividades essenciais estão elencadas no decreto do governo do estado. Nós estamos dizendo à CBF que não poderão acontecer esses jogos. Estamos recomendando também à Polícia Militar para impedir esses jogos no estado da Paraíba – disse Valberto, que também é presidente da Comissão de Combate e Prevenção à Violência nos Estádios da Paraíba.

Valberto Lira, presidente da Comissão Nacional de Prevenção e Combate à violência nos estádios, pede a suspensão do futebol no país — Foto: Lucas Barros / GloboEsporte.comValberto Lira, presidente da Comissão Nacional de Prevenção e Combate à violência nos estádios, pede a suspensão do futebol no país — Foto: Lucas Barros / GloboEsporte.com

O debate sobre a paralisação no futebol brasileiro ganhou grande proporção depois do apelo do técnico Lisca, do América-MG, antes da partida contra o Athletic, pelo Campeonato Mineiro. O treinador lembrou dos técnicos que morreram vítimas da Covid-19 (Marcelo Veiga e Ruy Scarpino), além de outros colegas que tiveram que ser hospitalizados.

– Eu faço um apelo a CBF para dar um tempo nessa Copa do Brasil. Para que a gente adie um pouco esses jogos, né? Nós vamos jogar só no dia 18, talvez até lá. Mas, tem jogos já agora na próxima quarta-feira. E eu tenho certeza que meus colegas também estão preocupados. Eu sou pai de família, tenho duas filhas e uma esposa. Eu quero viver, gente – proclamou Lisca.

Lisca defendeu o adiamento da Copa do Brasil para evitar o deslocamento de equipes pelo Brasil — Foto: Mourão Panda/América-MG
Lisca defendeu o adiamento da Copa do Brasil para evitar o deslocamento de equipes pelo Brasil — Foto: Mourão Panda/América-MG

Por outro lado, dois estaduais já suspenderam os campeonatos – casos de Ceará e Santa Catarina. A CBF, por sua vez, ainda não fez nenhum pronunciamento oficial. O Governador do Ceará, Camilo Santana, disse ao ge que acredita na suspensão da Copa do Brasil e do Nordeste por parte da CBF.

Avaí e Figueirense jogaram na quarta-feira, no último dia antes da paralisação do Campeonato Catarinense — Foto: Patrick Floriani/Figueirense
Avaí e Figueirense jogaram na quarta-feira, no último dia antes da paralisação do Campeonato Catarinense — Foto: Patrick Floriani/Figueirense

Pelo calendário do futebol brasileiro, os meses de fevereiro a maio são dedicados aos estaduais, além da Copa do Brasil e Copa do Nordeste. Além disso, há também o início das competições internacionais (Libertadores e Sul-Americana) e as Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. Já o Campeonato Brasileiro está previsto para começar em junho.

Fonte: GE

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!
Publicidade

Futebol

Renato Gaúcho estuda colocar Diego na vaga de Thiago Maia contra o Athletico

Publicado

em

DiegoRibas

O elenco do Flamengo se reapresentou nesta segunda-feira e iniciou a preparação para pegar o Athletico-PR nesta quarta-feira, às 21h30, no Maracanã, pelo segundo jogo da semifinal da Copa do Brasil. Para este duelo, Renato Gaúcho estuda realizar mudança no meio de campo rubro-negro.

Ainda sem Arrascaeta, que se recupera de lesão muscular, o técnico do Flamengo estuda manter Andreas na vaga do uruguaio, mas colocar Diego Ribas no lugar de Thiago Maia. O volante tem sido titular nos últimos jogos, mas tem chance de ser sacado para a entrada do camisa 10. O martelo será batido na atividade desta terça-feira, a última antes de o Rubro-Negro pegar o Furacão.

Bruno Henrique e Gabigol estão recuperados das respectivas lesões, treinaram normalmente e ficarão à disposição da comissão técnica para a decisão de quarta-feira. David Luiz, que não esta inscrito na Copa do Brasil, estaria fora do jogo mesmo se tivesse 100% fisicamente. O zagueiro evoluiu bem no tratamento da lesão muscular e pode voltar no sábado, contra o Atlético-MG.

Fonte: O Dia

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!

Continue lendo

Futebol

Renê, lateral do Flamengo, quer ir a justiça contra ataques xenofóbicos nas redes sociais

Publicado

em

rene cruzeiro flamengo brasileirao serie a 16072017 1ucb9qyn7cm0s1cvqhg9shhdhr

Em meio à derrota para o Fluminense (3 a 1), sábado, no Maracanã, o lateral-esquerdo Renê, do Flamengo, era alvo de ataques xenófobos feitos por torcedores em redes sociais. Não foi algo inédito, pelo contrário. O jogador estuda a possibilidade de ir à justiça.

Por intermédio de sua assessoria de imprensa, o atleta respondeu ao blog que “lamenta profundamente saber que ainda existam ‘pessoas’ promovendo esse tipo de atitude e pensamento amparadas pelo anonimato da internet”. Ele analisa os últimos acontecimentos e não descarta tomar medidas no futuro, caso a situação venha se repetir ou se agravar.

“Essa é uma violação dos direitos do Renê, depende da vontade dele de agir judicialmente. Assim como colaboramos com outros atletas que precisaram de suporte, estamos aqui para ajudar no que ele quiser. A dificuldade nesses crimes de ódio é identificar o ofensor. Os jogadores sabem que podem contar com a gente”, disse ao blog o vice-presidente jurídico do Flamengo, Rodrigo Dunshee de Abranches.

Não foi a primeira vez que Renê sofreu com ataques do gênero. Depois da derrota para o Emelec, em 2019, na Copa Libertadores, o jogador nascido no Piauí foi chamado de “paraíba” em redes sociais. Sua atuação no Fla-Flu foi o estopim para que novos ataques covardes acontecessem no sábado.

A lei nº 9.459 classifica xenofobia como crime. A pena de reclusão vai de um a três anos. Em outras ocasiões, a mulher do jogador se manifestou contra reações xenófobas direcionadas a Renê. O lateral-esquerdo chegou ao Flamengo em 2017, contratado ao Sport. Natural da cidade de Picos (PI), ele já fez 196 jogos pelo clube carioca e marcou seis gols.

Fonte: UOL

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!

Continue lendo

Futebol

David Luiz se recupera de lesão muscular e volta ao Flamengo contra o Atlético-MG

Publicado

em

51619588428 4578798b79 k

No último sábado (23), o Flamengo perdeu para o Fluminense por 3 a 1, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar do resultado, no domingo (24), o elenco rubro-negro recebeu folga enquanto Bruno Henrique, Gabigol, David Luiz e Arrascaeta compareceram ao Centro de Treinamento do Ninho do Urubu para dar sequência aos respectivos tratamentos. O zagueiro, inclusive, está recuperado de lesão e tem data para retornar aos gramados.

Totalmente recuperado da lesão muscular na coxa, David Luiz não sente mais nenhum incômodo e, portanto, pode voltar a vestir o Manto Sagrado. No entanto, como o zagueiro não foi inscrito na Copa do Brasil em tempo hábil, a expectativa é que o jogador volte ao Flamengo no sábado (30), quando o time enfrenta o Atlético-MG, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. A informação foi divulgada inicialmente pelo GE.

O confronto direto entre o atual líder do torneio e o terceiro colocado acontecerá a partir das 19h (horário de Brasília), no Maracanã. Antes disso, no entanto, o Flamengo dá uma pausa no Brasileirão para focar na decisão que tem pela frente na Copa do Brasil.

Nesta quarta-feira (27), o Mais Querido recebe o Athletico-PR, no Maracanã, pelo jogo de volta da semifinal da competição. O duelo acontecerá a partir das 21h30 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo da Rede Globo.

Fonte: Coluna do Fla

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!

Continue lendo




WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com