Incêndio no Ninho faz 2 anos: veja as indenizações, investigações e onde estão os 16 sobreviventes
Siga nas redes sociais

Futebol

Incêndio no Ninho faz 2 anos: veja as indenizações, investigações e onde estão os 16 sobreviventes

Publicado

em

106

O incêndio no Ninho do Urubu completa dois anos nesta segunda-feira. Na madrugada do dia 8 de fevereiro de 2019, dez garotos entre 14 e 17 anos morreram no CT do Flamengo na maior tragédia da história do clube.

Os dez meninos que morreram no incêndio no Ninho — Foto: Infoesporte

Os dez meninos que morreram no incêndio no Ninho — Foto: Infoesporte

O clube fechou indenização com 8 das 10 famílias , além do pai de Rykelmo. O último acordo foi fechado em dezembro. A mãe de Rykelmo entrou na Justiça. A diretoria também não conseguiu chegar a um entendimento com os familiares de Christian Esmério.

O Flamengo iniciou a construção de uma capela no local onde houve o incêndio, atualmente o estacionamento do módulo profissional do CT. Será um memorial para homenagear as vítimas. A inauguração ainda não tem data definida.

As 10 vítimas fatais do incêndio no Ninho:

  • Athila Paixão, de 14 anos
  • Arthur Vinícius, 14 anos
  • Bernardo Pisetta, 14 anos
  • Christian Esmério, 15 anos
  • Gedson Santos, 14 anos
  • Jorge Eduardo Santos, 15 anos
  • Pablo Henrique da Silva Matos, 14 anos
  • Rykelmo de Souza Vianna, 16 anos
  • Samuel Thomas Rosa, 15 anos
  • Vitor Isaías, 15 anos.

Além das dez vítimas fatais, havia mais 16 meninos no alojamento no dia do incêndio. Destes, sete seguem no clube, entre eles os três que ficaram hospitalizados: Cauan, Francisco Dyogo e Jhonata Ventura.

O zagueiro Jhonata Ventura, que teve as queimaduras mais graves, foi o único que ainda não voltou a jogar. Ele apresenta uma recuperação lenta e gradual, e alterna trabalhos individuais com treinos com o elenco do time sub-17. Na última sexta, fez exames médicos e testagem de Covid para poder retomar as atividades junto com os companheiros.

Jhonata Ventura, zagueiro do Flamengo sub-17 — Foto: Reprodução Instagram

Jhonata Ventura, zagueiro do Flamengo sub-17 — Foto: Reprodução Instagram

A situação de cada um dos 16 sobreviventes:

Seguem no Flamengo:

  • Cauan (atacante)
  • Francisco Dyogo (goleiro)
  • Filipe Chrysman (atacante)
  • Kayque Soares (zagueiro)
  • Rayan Lucas (volante)
  • Samuel Barbosa (atacante)
  • Jhonata Ventura (zagueiro)

Saíram do Flamengo:

  • Jean Sales: seu contrato terminou em dezembro e não foi renovado. Ele vai defender o Alverca, de Portugal.
  • Caike Duarte: ainda não foi para outro clube desde que saiu do Flamengo.
  • Felipe Cardoso: após não ter o contrato renovado com Flamengo, assinou com o RB Bragantino.
  • João Vitor Gasparin: ainda não foi para outro clube desde que saiu do Flamengo.
  • Naydjel Callebe: com o calendário da base prejudicado pela pandemia, passou a treinar futsal no time da Copagril. Está em busca de um clube.
  • Wendel Alves: passou nos testes e assinou contrato com o Corinthians.
  • Kennyd Lucca: teve uma passagem pelo Corinthians e atualmente defende o Bahia.
  • Pablo Ruan: deixou o Flamengo por conta própria e acertou com o Palmeiras.
  • Gabriel de Castro: ainda não foi para outro clube desde que saiu do Flamengo.
Homenagens no dia do incêndio no Ninho do Urubu — Foto: André Durão

Homenagens no dia do incêndio no Ninho do Urubu — Foto: André Durão

Justiça aceita denúncia e lista 11 réus

No dia 15 de janeiro, o Tribunal de Justiça do Rio aceitou denúncia do Ministério Público e, após a conclusão das investigações, foram listados 11 réus, entre eles o ex-presidente Eduardo Bandeira de Mello. Eles responderão por incêndio culposo (sem intenção) qualificado, terminou com a morte de 10 pessoas e lesão corporal a outros 3 garotos. Como não foram denunciados por homicídio, eles não vão a júri popular.

Em crimes deste caso, na forma culposa, o Código Penal não prevê pena de prisão em regime fechado. As punições podem variar de 1 ano e quatro meses até 6 anos.

Os réus:

  • Eduardo Bandeira de Mello – ex-presidente do Flamengo
  • Márcio Garotti – ex-diretor financeiro do Flamengo
  • Carlos Noval – ex-diretor da base do Flamengo, atual gerente de transição do clube
  • Luis Felipe Pondé – engenheiro do Flamengo
  • Marcelo Sá – engenheiro do Flamengo
  • Marcus Vinicius Medeiros – monitor do Flamengo
  • Claudia Pereira Rodrigues – NHJ (empresa que forneceu os contêineres)
  • Weslley Gimenes – NHJ
  • Danilo da Silva Duarte – NHJ
  • Fabio Hilário da Silva – NHJ
  • Edson Colman da Silva – técnico em refrigeração
Fonte: Globo Esporte

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!

Futebol

Comentarista afirma que Flamengo venceu ‘apesar’ de Renato Gaúcho: “Tem que agradecer aos jogadores”

Publicado

em

renato gaucho a beira do maracana em jogo do flamengo contra o barcelona equ

Venceu, mas não convenceu. Esta parece ser a tônica do Flamengo após a vitória de ontem sobre o Barcelona-EQU. Apesar vantagem que leva ao Equador para o jogo de volta da semifinal da Libertadores, Renato Gaúcho recebeu duras críticas e foi questionado no comando técnico do Rubro-Negro. O jornalista Vitor Birner, da ESPN, não poupou o treinador e disse que “os jogadores carregam o Flamengo”.

– Renato Gaúcho tem que agradecer hoje aos jogadores, que fizeram o resultado sozinhos, porque não houve organização, compactação e variação tática. Os jogadores carregaram o Flamengo hoje, apesar da falta de ideias do técnico – afirmou Vitor Birner.

Além do jornalista da ESPN, o repórter Eric Faria, da Globo, também questionou veementemente o trabalho de Renato Gaúcho no comando técnico do Flamengo. Eric comparou as aparições atuais com as das épocas de Domènec Torrent e Rogério Ceni. Concordando com Birner, o repórter ainda disse que o Flamengo depende da individualidade de jogadores e que, até o momento, ” Renato não apresentou nada ” no clube do Rio.

Apesar das críticas, o Flamengo segue invicto na Libertadores 2021. Na última quarta-feira, no Maracanã, venceu o Barcelona de Guayaquil por 2 a 0 e abriu uma importante vantagem no jogo de ida das semifinais da competição. Essa foi a 80ª vitória do clube na história da disputa sul-americana.

Fonte: Lancenet

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!

Continue lendo

Futebol

Video: Léo Pereira bate boca com torcedor do Flamengo após deixar gramado do Maracanã; assista

Publicado

em

51505279453 462aecdb32 k

Nem tudo foram flores na vitória do Flamengo por 2×0 sobre o Barcelona-EQU na partida de ida da Libertadores. Após entrar no lugar de David Luiz aos 12 minutos do segundo tempo, Leo Pereira foi expulso aos 43 depois de agredir o zagueiro León, do time equatoriano.

Constantemente cobrado pelos torcedores do Flamengo, a atitude de Leo Pereira não foi perdoada. Em vídeo que circula nas redes sociais é possível ver um torcedor cobrando o defensor e dentre alguns palavrões, ele fala ao camisa 4: “Tem que jogar, não é pra entrar e ser expulso”. O zagueiro, que estava se dirigindo ao vestiário, volta e ainda discute com o torcedor – mas não é possível ouvir o que ele diz.

Fonte: O Dia

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!
Continue lendo

Futebol

Não duvido que esse Flamengo vá para Guayaquil e goleie, diz Milly Lacombe

Publicado

em

51504108712 8296bd1f7e k

O Flamengo venceu o Barcelona de Guayaquil por 2 a 0 no Maracanã, no primeiro jogo pelas semifinais da Libertadores, mas correndo alguns riscos, com o time equatoriano exigindo participação importante do goleiro Diego Alves, principalmente durante o primeiro tempo, mas também em uma oportunidade na etapa final.

No UOL News Esporte , Milly Lacombe minimiza os riscos corridos pelo Flamengo no setor defensivo e destaca a maneira de jogar futebol sem a preocupação apenas em não sofrer gols, comparando com o que ocorreu no jogo da noite anterior, entre Palmeiras e Atlético-MG, na outra semifinal da competição continental.

“O Flamengo joga e deixa jogar, o que a gente vê o Flamengo fazer é futebol, o que a gente está vendo é futebol e o futebol é jogado, você se coloca em condições de vulnerabilidade e aí o adversário pode eventualmente fazer um gol, não é como, por exemplo, aquele Atlético-MG e Palmeiras que a gente viu, o Atlético-MG fez 22 faltas. É uma tática? É uma estratégia de jogo você fazer faltas? É discutível, sim, pode ser, algumas faltas são necessárias, mas é um não-futebol, ninguém se encanta com aquilo, ninguém se emociona com aquilo, não tem absolutamente nada acontecendo”, diz Milly.

“Em geral, quando esse Flamengo entra em campo, você vê futebol, mesmo quem não é flamenguista gosta de ver o que está acontecendo. E é isso, você tenta fazer um gol e às vezes vai obviamente ficar numa situação de talvez sofrer um gol, só que eu não duvido, por exemplo, que esse Flamengo vá lá para Guayaquil e goleie, é possível que isso aconteça, porque o time da casa vai ter que sair para jogar, para tentar fazer o gol e vai ficar exposto, e esse Flamengo, com esse time, pode fazer quatro”, completa.

A jornalista discorda de parte das críticas feitas ao técnico Renato Gaúcho em relação à organização do time dentro de campo e pontua como principal fator da equipe a forma como existe uma aproximação entre os jogadores sempre em que a posse de bola é do Rubro-negro.

“É um time que todo mundo que gosta de futebol quer ver jogar e tem Renato Gaúcho ali sim, é um time que joga por aproximação, um jogador do Flamengo com a bola nunca está sozinho, ele sempre tem para quem passar essa bola de uma maneira muito próxima, é bacana ver o que está acontecendo ali”, diz Milly.

“Acho que tem o Renato Gaúcho em uma situação de dizer ‘divirtam-se’, consigo enxergar isso, que eu já acho também que é uma enormidade, e tem Renato Gaúcho no futebol tático e estratégico de ninguém nunca estar sozinho, tem solidariedade ali, ele vai mexendo no time e isso nunca é diferente”, conclui.

Fonte: Uol

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!

Continue lendo




WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com