O Flamengo topou ceder César por empréstimo até dezembro, pagando 50% do salário do goleiro, mas, por outro lado, segundo apurou a reportagem com fontes do Rubro-Negro, o time carioca receberá de forma definitiva duas jovens promessas do Sub-15: o meia Gil e o volante Da Silva.

O atual vínculo de César com o Flamengo vai até abril de 2022. Com o empréstimo, a tendência é que o jogador e o clube estendam o compromisso para que o Rubro-Negro não corra o risco de perder o jogador de graça quando ele retornar do empréstimo ao Atlético-GO, que não terá opção de compra estabelecida em contrato.

César perdeu espaço com a ascensão de Hugo, que se tornou segunda opção no gol do Flamengo. Em quatro anos, o goleiro disputou 45 partidas, sendo 11 em 2020, 12 em 2019, 18 em 2018 e 4 em 2017.