Análise: a Ceni o que é de Ceni. Ainda questionado, técnico é determinante em arrancada do Flamengo
Siga nas redes sociais

Futebol

Análise: a Ceni o que é de Ceni. Ainda questionado, técnico é determinante em arrancada do Flamengo

Publicado

em

rogerio ceni flamengo 7

“A César o que é de César”. E a Ceni o que é de Ceni. A analogia ao trecho bíblico se faz pertinente para definir a voltar por cima do Flamengo no Brasileirão. Tão criticado e questionado (justamente) no início de 2021, o técnico rubro-negro ainda está longe de conquistar o coração do torcedor, mas tem muito mérito na disputa acirrada com o Inter a quatro rodadas do fim da competição.

Rogério Ceni, Flamengo x Vasco - Brasileirão  — Foto: André Durão / ge

Rogério Ceni, Flamengo x Vasco – Brasileirão — Foto: André Durão / ge

Aos internautas apressados, isso não é uma passada de pano (tal qual nunca foi espaço para cancelamentos). Rogério ainda apresenta pragmatismo nas substituições e dificuldade na leitura de jogo em muitos momentos. Por outro lado, os treinos tão elogiados pelos jogadores começam a surtir efeito, e muito por boa dose de coragem do treinador em seu momento mais delicado no clube.

As cinco vitórias nos últimos seis jogos, com quatro sem sofrer gols, passam muito pela ousadia do comandante na tomada de decisão. Ao escalar Diego como titular a partir do duelo com o Goiás e recuar Willian Arão como volante na partida contra o Palmeiras, Ceni apostou em dois jogadores com pouca margem de erro para o torcedor, sabia que estava na corda bamba, e o “all in” deu certo.

O Flamengo, que sempre primou pela posse de bola, deu a cartada na qualidade técnica dos jogadores após perder para Fluminense e Ceará no Maracanã e voltou a se impor diante dos adversários. São 15 gols marcados, quatro sofridos e um futebol vistoso como há muito não se via.

Com Willian Arão, o Flamengo ganhou qualidade técnica e velocidade na zaga. Com Diego de volante, o passe ficou mais refinado e o time ganhou consistência na posse de bola. Com os dois juntos, o time ficou mais compacto, o campo mais curto e a marcação alta mais eficiente. Em resumo, um Flamengo que impõe para seus adversários como vai ser a partida enquanto tem fôlego.

Primeiro tempo de Flamengo x Vasco

  • Posse de bola: 71% x 29%
  • Finalizações: 10 x 0
  • Passes trocados: 292 x 120
  • Desarmes: 11 x 6

O 2 a 0 diante do Vasco, no Maracanã, teve todos esses componentes, e o acréscimo de uma formação que ganha corpo e sintonia. Os gols perdidos seguem sendo um problema. É impossível não pensar que em algum momento possam fazer falta. Mas o Flamengo apresenta fluidez e alternativas no campo adversário.

O time que rodava a bola sem saber muito o que fazer para furar bloqueios não faz muito tempo passou a apresentar repertório evidente. Algumas mudanças de posicionamentos reveladas pelo próprio Ceni após a virada sobre o Grêmio deram certo, permanecem e deixam os jogadores nitidamente confortáveis.

Diego voltou a ter boa atuação omo volante — Foto: André Durão

Diego voltou a ter boa atuação omo volante — Foto: André Durão

Gabriel e Bruno Henrique jogam mais próximos e com liberdade para movimentação. Arrascaeta abre mais para a esquerda, enquanto Filipe Luís volta a utilizar a técnica apurada pelo meio em alternância. Some isso ao campo reduzido pelos avanços das linhas que facilitam o perde / recupera rápido no setor ofensivo.

Um Flamengo “à Flamengo”, capaz de ter 71% de posse de bola, 10 finalizações contra nenhuma do Vasco, mais que o triplo de passes trocados (292 x 120) e 11 desarmes. Tudo isso em um primeiro tempo salvo graças ao gol de pênalti de Gabigol no fim. Lembram das chances desperdiçadas? É preciso corrigir para que não façam falta.

Bruno Henrique subiu muito para tirar o Flamengo da pressão e garantir a vitória — Foto: André Durão / ge

Bruno Henrique subiu muito para tirar o Flamengo da pressão e garantir a vitória — Foto: André Durão / ge

Na volta do intervalo, porém, um cenário repetido e que ajuda a explicar a resistência do torcedor ao treinador. Fosse pela postura de dar campo ao Vasco, fosse pelas mudanças repetidas, o Flamengo perdeu protagonismo, viu Hugo ser exigido e a estratégia dos contragolpes deu certo muito graças ao talento de Pedro e o oportunismo de Bruno Henrique.

O gol de cabeça decretou uma vitória justa bem no momento em que o Vasco se assanhava e fez os 15 minutos finais serem mais importantes para secar o Inter. Deu certo, e, a quatro rodadas do fim, o time de Rogério Ceni depende só de si para ser campeão.

A melhora é nítida, e a oscilação dentro de 90 minutos também. Com 12 pontos a serem disputados, o Flamengo vive sua melhor fase na temporada a caminho do octa, mas sem espaço para vacilar.

Fonte: Globo Esporte

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!

Futebol

Filipe Luis e Arrascaeta serão reavaliados dia a dia e preparados para o jogo contra o Barcelona-EQU, no Equador

Publicado

em

1 5

Cotados para voltar aos gramados no jogo de volta da semifinal da Libertadores contra o Barcelona de Guayaquil, na próxima quarta-feira (29), o lateral-esquerdo Filipe Luis e o meia De Arrascaeta realizaram trabalho com bola no treino desta quinta-feira.

Ambos participaram da atividade com o restante do grupo que não iniciou a partida no Maracanã. Os titulares fizeram apenas um trabalho regenerativo no CT do clube. A presença da dupla no jogo de volta dependerá de avaliação diária do departamento médico e da comissão técnica, a partir do relato dos jogadores. Pelo placar no jogo de ida, a tendência é que ambos viajem para ficar à disposição. E caso se sintam bem, vão para o jogo. Se houver algum receio, ficam no banco de reservas.

A última vez que Arrascaeta entrou em campo pelo Flamengo foi no dia 12 de setembro, na vitória por 3 a 1 contra o Palmeiras em São Paulo. Na ocasião, o meia saiu de campo com apenas 24 minutos em campo. Em exames realizados posteriormente, foi detectado um estiramento na região posterior da coxa esquerda.

Já Filipe Luis não atua pelo rubro-negro desde 28 de agosto, na goleada em cima do Santos na Vila Belmiro, quando jogou a partida inteira. Durante a pausa para as Eliminatórias da Copa do Mundo, o lateral sentiu dores na panturrilha esquerda, teve lesão constatada e agora trabalha para a volta.

Fonte: Extra

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!

Continue lendo

Futebol

Comentarista afirma que Flamengo venceu ‘apesar’ de Renato Gaúcho: “Tem que agradecer aos jogadores”

Publicado

em

renato gaucho a beira do maracana em jogo do flamengo contra o barcelona equ

Venceu, mas não convenceu. Esta parece ser a tônica do Flamengo após a vitória de ontem sobre o Barcelona-EQU. Apesar vantagem que leva ao Equador para o jogo de volta da semifinal da Libertadores, Renato Gaúcho recebeu duras críticas e foi questionado no comando técnico do Rubro-Negro. O jornalista Vitor Birner, da ESPN, não poupou o treinador e disse que “os jogadores carregam o Flamengo”.

– Renato Gaúcho tem que agradecer hoje aos jogadores, que fizeram o resultado sozinhos, porque não houve organização, compactação e variação tática. Os jogadores carregaram o Flamengo hoje, apesar da falta de ideias do técnico – afirmou Vitor Birner.

Além do jornalista da ESPN, o repórter Eric Faria, da Globo, também questionou veementemente o trabalho de Renato Gaúcho no comando técnico do Flamengo. Eric comparou as aparições atuais com as das épocas de Domènec Torrent e Rogério Ceni. Concordando com Birner, o repórter ainda disse que o Flamengo depende da individualidade de jogadores e que, até o momento, ” Renato não apresentou nada ” no clube do Rio.

Apesar das críticas, o Flamengo segue invicto na Libertadores 2021. Na última quarta-feira, no Maracanã, venceu o Barcelona de Guayaquil por 2 a 0 e abriu uma importante vantagem no jogo de ida das semifinais da competição. Essa foi a 80ª vitória do clube na história da disputa sul-americana.

Fonte: Lancenet

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!

Continue lendo

Futebol

Video: Léo Pereira bate boca com torcedor do Flamengo após deixar gramado do Maracanã; assista

Publicado

em

51505279453 462aecdb32 k

Nem tudo foram flores na vitória do Flamengo por 2×0 sobre o Barcelona-EQU na partida de ida da Libertadores. Após entrar no lugar de David Luiz aos 12 minutos do segundo tempo, Leo Pereira foi expulso aos 43 depois de agredir o zagueiro León, do time equatoriano.

Constantemente cobrado pelos torcedores do Flamengo, a atitude de Leo Pereira não foi perdoada. Em vídeo que circula nas redes sociais é possível ver um torcedor cobrando o defensor e dentre alguns palavrões, ele fala ao camisa 4: “Tem que jogar, não é pra entrar e ser expulso”. O zagueiro, que estava se dirigindo ao vestiário, volta e ainda discute com o torcedor – mas não é possível ouvir o que ele diz.

Fonte: O Dia

Gostou da notícia?

Então, nos siga em todas nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Mengão!
Continue lendo




WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com