Após o empate por 1 a 1 com o Flamengo, nesta terça-feira, pela Conmebol Libertadores , o técnico do Racing , Sebastián Beccacece, detonou a arbitragem do venezuelano Alexis Herrera no estádio El Cilindro .

Perguntado se o juiz foi “decisivo” no placar final da partida, o treinador não titubeou.

“Sem dúvida. Hoje, me senti roubado”, disparou.

Em seguida, ele foi questionado mais vezes sobre as decisões da arbitragem, mas preferiu não comentar mais.

“Não vale a pena… Já disse o que eu tinha para dizer”, salientou.

A principal reclamação do RAcing ficou por conta da anulação do gol do atacante Lisandro López, em uma cabeçada aos 4 minutos do 2º tempo.

A arbitragem acabou anulando o tento pois considerou que Mena fez falta em Everton Ribeiro no início do lance, algo que os atletas argentinos discordaram fortemente.

Vale lembrar que o Racing ainda teve um 2º gol anulado na partida, após conclusão de Reniero.

No entanto, o VAR comprovou que houve impedimento na origem do lance, e o tento foi cancelado de forma correta.

Com o resultado, o clube brasileiro joga por uma vitória simples ou por um empate por 0 a 0 na próxima terça-feira, no Maracanã, para avançar às quartas. La Academia, por sua vez, precisará buscar um triunfo por qualquer placar ou empate por 2 a 2 ou mais. Novo 1 a 1 leva a definição para os pênaltis.